Projeto premiado otimiza pequeno terreno de esquina


O terreno de esquina de apenas 66 m² foi o desafio que resultou nesse projeto premiado em 2017 com o American Concrete Institute Awards. Para otimizar a superfície limitada é indispensável criar vários níveis. Nesse casa, o programa foi resolvido em três níveis: o térreo, acima do nível da rua, em que se localiza a cozinha, banheiro, living e uma galeria no estilo japonês com um tatame. No nível superior localiza-se o dormitório, e há um nível inferior, como um meio porão, onde fica um studio audiovisual.


A preocupação com a sustentabilidade foi uma das guias do projeto, o concreto utilizou como elemento uma pedra vulcânica local (shirasu), o conforto ambiental contou com a consultoria de um engenheiro para criar uma circulação e troca de ar eficiente.


Os chanfros em vidro nas quinas do edifício proporcionam amplitude de espaços, muita iluminação natural e integração com o ambiente externo, que fazia parte do desejo dos proprietários da casa.


Projeto: Atelier Tekuto

Área: terreno de 66 m²

Local: Tóquio, Japão


fonte: Dwell







Veja também:

As pequenas casas japonesas são uma lição de aproveitamento de espaço e criatividade. Confira esse projeto do mesmo escritório Atelier Tekuto, além da funcionalidade, os arquitetos trabalharam a iluminação de forma criativa e inspiradora.


Mini casa hipnotizante